PESQUISE

Notícias e Artigos


Microfisioterapia

Microfisioterapia

Técnica
francesa que busca no corpo a origem de doenças emocionais e físicas.

Imagine que boa parte dos traumas- físicos e emocionais que
você sofra na vida fiquem “gravados” no seu corpo e repercutam de diferentes
maneiras, inclusive na forma de doença. Agora imagine que no corpo também há um
mapa, onde é possível localizar esses eventos e a partir deles desencadear um
processo de cura. Essa é à base da microfisioterapia. Em francês Micro
Kinesitherapie, criada pelos fisioterapeutas franceses Daniel Grosjean e
Patrice Bénini.
A técnica é baseada nos princípios da homeopatia, pequenas
doses e cura pelo semelhante. No caso da microfisioterapia, são os micro
toques, palpações suaves e precisas que simulam a agressão recebida. Isso faz com que o corpo receba a mensagem de
que deve reagir e fazer a autocorreção do problema. Os bloqueios podem aparecer
nos tecidos musculares, nervoso e mucoso, causados por agressões físicas ou
emocionais, e são identificados pela resistência da pele. Um exemplo é uma
perda familiar, que fica na memória do corpo, e pode deformar células. “às
vezes, isso tem efeito cascata”. É a agressão emocional que causa gastrite, ou
um episodio de tristeza muito grande que favorece o câncer de mama.

A técnica funciona muito bem em casos de depressão,
distúrbios do sono, distúrbios hormonais, alergias e enxaquecas, muitas vezes
causadas por sentimentos de injustiça e abandono. Pode ser usada até mesmo em
bebes e crianças, que também podem sofrer com esses sentimentos. Vale lembrar
também que um choque, um susto ou um acidente demora em repercutir no
organismo, pelo menos seis meses, e por isso normalmente o paciente não
relaciona causa e efeito.

Usar medicamento podem cortar os sintomas da doença, mas se a
causa permanecer no corpo, certamente vai aparecer em outro lugar. “é como se
tampasse uma válvula de escape, mas isso não impede que a agressão se manifeste
em outro lugar”.

Os fisioterapeutas franceses criaram um mapa com caminhos
diferentes a serem percorridos, conforme os dados que o microfisioterapeuta
encontra no corpo do paciente com as apalpações.

O procedimento começa com um controle global, e conforme os
dados vamos fazendo pontos de ligação diferentes, que significam uma reprodução
da lesão.“É importante ressaltar que não é o microfisioterapeuta que cura,
ele apenas desencadeia no corpo do paciente o processo de auto cura”.

Depois de apenas uma sessão, o corpo precisa de 30 a 40 dias
para se reorganizar liberar o que havia de ruim, e se recuperar. Por isso,
junto com o tratamento aconselhamos o paciente a tomar muita água para liberar
as toxinas. Podem acontecer reações físicas ou emocionais, entre elas diarreia,
vômito, febre, cansaço ou uma crise emocional.

Após 30 ou 40 dias da primeira sessão, o paciente passa por
uma nova avaliação, e se necessário é submetido a outras sessões, que também
podem ser feitas de forma preventiva.

Obs: É bom deixar claro que a Microfisioterapia é um
tratamento complementar á medicina e outro tratamento que a pessoas esteja
fazendo não deve ser interrompido.

SERVIÇOS: Clínica Alívio de Dor
Rua Reverendo Vidal, n°600, Jd. Alto Rio Preto - S.J.Rio Preto/SP
(17) 3364-5901 / (17) 9136-5901

Fonte: Dr. Celso Vitturi - CREFITO 107.648-F
- Pós Graduado em Terapia Manual e Postural
- Pós Graduado em Fisiologia do Exercício Físico e Biomecânica
- Pós Graduado em Reabilitação Vestibular e Desordens do Equilíbrio
- Formação em Microfisioterapia
- Formação em Leitura Biológica
- Formação em Equilíbrio Neuro-Muscular
- Formação em Terapia CranioSacral
- Formação em Podoposturologia





 

Veja mais Notícias