PESQUISE

Notícias e Artigos


Dia Mundial de Combate à Osteoporose

Dia Mundial de Combate à Osteoporose

Uma a cada três mulheres com mais de 50 anos tem a doença

O dia 20 de outubro é o Dia Mundial de Combate à Osteoporose. Conscientizar a população sobre as formas de combate à doença é o principal objetivo da data instituída em 1996, pela Sociedade Britânica de Osteoporose e adotada pela International Osteoporosis Foundation em 1997.Neste dia, especialistas da área alertam para a prevenção da doença, caracterizada pelo enfraquecimento dos ossos. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, 10 milhões de brasileiros sofrem de osteoporose, e uma a cada três mulheres com mais de 50 anos tem a doença. Apesar de atingir mais o sexo feminino, a osteoporose também pode acometer os homens e pessoas mais novas. Estima-se que cerca de 15% dos jovens adultos (acima de 19 e abaixo de 49) sofram do problema no país.A osteoporose é uma doença caracterizada pela diminuição da massa óssea, com consequente enfraquecimento e fragilidade do osso e maior possibilidade de fraturas, mesmo após pequenas quedas e traumas.A médica reumatologista Vincenzina Santangelo explica:

"O osso é um tecido vivo com funções muito importantes para nosso organismo (proteção dos órgãos internos, movimentação, reservatório de cálcio e outros elementos). Sabe-se que ele é constantemente renovado e o equilíbrio entre destruição e formação é influenciado por diversos fatores que se estiverem em desarmonia podem acarretar a osteoporose".Os locais mais comuns de fraturas por osteoporose são: quadril, vértebras, punho e fêmur. Ocorre mais em mulheres, na menopausa, e isto se justifica pela diminuição na produção dos estrogênios, que leva a uma maior reabsorção óssea nos primeiros 5 a 8 anos. Após os 50 anos, uma mulher tem três vezes maior chance de ter uma fratura vertebral ou de quadril que um homem (16 - 18% versus 5-6%) e seis vezes maior de punho (16% versus 2,5%).Outros fatores de risco estão associados à osteoporose, como alcoolismo, imobilização prolongada, hipertireoidismo, entre outros.

Prevenção

"Sabe-se que, ao longo da vida, a pessoa pode se preparar para as perdas de massa óssea que ocorrem com a idade. Assim, uma nutrição rica em cálcio desde a infância e o hábito de exercitar-se regularmente torna maior o pico de massa óssea (época da vida em que o osso é mais forte, geralmente em torno de 30 anos para ambos os sexos) e também retardam aosteoporose por manter uma quantidade satisfatória de cálcio para outras funções e estimular os processos de remodelação dos ossos", garante a médica.De acordo com a Dra. Vincenzina algumas substâncias são consideradas "roubadoras de osso": como alimentos ricos em cafeína (por ex: café, chá preto, chá mate), alimentos ácidos (por ex: laranja, limão, vinagre, tomate), álcool e fumo. Desta forma o cuidado com os hábitos alimentares, com o consumo de álcool e cigarros é também fundamental na prevenção deosteoporose.

Cuidados no dia-a-dia

A reumatologista enumera cuidados que devem ser tomados no cotidiano:Mesmo na ausência de osteoporose é importante evitar quedas: não use calçado que possa fazer escorregar, cuidado com piso molhado, evite subir escadas e móveis.Faça uma dieta adequada: rica em cálcio, pobre em colesterol (gorduras), evitando também os alimentos que pioram a qualidade óssea (cafeína, ácidos, álcool).Pratique atividade física regular após avaliação e orientação médica (por ex: caminhadas em lugar plano, pela manhã ou ao final da tarde, aproveitando os benefícios do sol menos intenso, pelo menos três vezes por semana).Para dormir, use um colchão de boa qualidade e evite travesseiros muito altos.Se você acha que pode ter osteoporose ou deseja mais informações, procure seu médico para que ele faça o diagnóstico adequado, ajude na prevenção ou inicie um tratamento. É possível tratar a osteoporose com bons resultados e diminuição do risco de fraturas. Cuide-se sempre.

SERVIÇOS:
Dra. Vincenzina Santangelo - Médica Reumatologista  CRM 39590
Revitare Centro Integrado - 17 3232 5056

Fonte: 
Marcela Castelini
Assessora de Imprensa 
HOJE.C  - Comunicação & Marketing
Rua Benjamin Constant, 3690- Sala. 2 - Imperial
Cel: (17) 8121 6467 Tel: (17) 3022 6466
www.hojec.com.br 

Veja mais Notícias