PESQUISE

Notícias e Artigos


Duas décadas de Implantologia no Brasil

Duas décadas de Implantologia no Brasil

Os implantes osseointegrados são os responsáveis pela maior revolução já acontecida na Odontologia. A profissão sofreu uma grande mudança de posicionamento em relação ao paciente. Antes conhecido como profissional do medo, o dentista, após o desenvolvimento dos implantes dentários, passou a ser o responsável por devolver aos pacientes a segurança e a liberdade de sorrir. Não há limites para quem quer ficar livre da dentadura.

Na década de  1960, um médico pesquisador da Universidade de Gotemburgo, ao estudar a microcirculação óssea em coelhos, notou que as lentes do microscópio, feitas em titânio, apresentavam grande dificuldade ao serem removidas. Per Ingvar Brånemark estava diante do fenômeno que ele batizou como Osseintegração. Vislumbrado com as possíveis aplicabilidades clínicas, ele passou alguns anos desenvolvendo os materiais e aplicando técnicas em cachorros.

Em 1965, os estudos passaram a ser realizados em humanos, dando início a Implantologia. Pacientes desdentados totais recebiam cinco implantes na mandíbula para a sustentação de uma prótese fixa. Todos os procedimentos eram rigorosamente padronizados e, até a atualidade, os protocolos cirúrgicos, protéticos e de manutenção são respeitados e seguidos, com algumas modificações.

Dezessete anos depois, Brånemark já tinha dados científicos suficientes para demonstrar para o mundo todo a Osseointegração. Em 1982, na Conferência de Toronto, o mundo ocidental conheceu solução que faltava para que os pacientes não pudessem mais reclamar do cirurgião dentista. Os primeiros brasileiros a empreenderem na nova especialidade passaram a instalar implantes em 1989 e tornaram-se os líderes brasileiros, divulgando para a massa os resultados maravilhosos obtidos.
A década de 1990 foi de aprendizado para Implantologia brasileira. O setor industrial passou a produzir, copiando formatos e soluções de indústrias suecas, suíças e alemãs. Foi uma década de aprendizado para os cirurgiões e reabilitadores.

A partir da virada do século, a Odontologia brasileira tornou-se uma das líderes mundiais na osseintegração, dispondo de implantes nacionais de última geração e profissionais talentosos, capazes de utilizar os implantes da forma em que o biomaterial tem melhor resultado.

Finalizamos duas décadas de Implantologia no Brasil e, nós, dentistas brasileiros, temos à nossa disposição os melhores e mais modernos implantes, as técnicas mais modernas, o talento e a criatividade à nossa disposição para sermos um dos líderes mundiais na Odontologia.

Dr. Heitor Cosenza

Serviço: Cosenza Odontologia
(17) 3235-2310
www.co1.com.br

Fonte:
Laís Machado
Lacerda Comunicação
lais@lacerdapress.com.br

Veja mais Notícias